Quase um anjo
22:17 | Author: § Tatiana Gerivazo
Oh meu anjo, você me deu asas para voarmos juntos.
E eu as queimei sem piedade.
Como me desculpar? Fui tantas vezes avisada, e nenhum cuidado tomei...
Estava voando tão alto, eu era um anjo como você.
Tocávamos o mar e depois subíamos até as nuvens.
Descansávamos no topo de alguma montanha e víamos as maiores belezas do mundo do ângulo que queríamos.
Observávamos as formiguinhas lá embaixo, mas sem maior aproximação.
Nunca foi seguro anjos estarem próximos a elas.
Ainda mas eu, que era mais como elas do que como você.
Oh meu querido, como você me avisou!
A admiração das formiguinhas lá embaixo foi tanta que chegou aos meus ouvidos.
Meus ouvidos que ainda não haviam sido purificados.
E que facilmente se seduziram pela admiração das pequenas formiguinhas.
Senti ser capaz de conseguir tudo que queria.
Cai entre eles achando que poderia viver assim, superior a elas e entre elas.
Era obvio o que iriam fazer, só mesmo eu em minha inocência apaixonada não percebi.
Quis ser ambiciosa como eles, e pura como um anjo.
Mas só estava sendo ingênua.
Assim foi que as asas deram lugar as cicatrizes.
Queria te contar o tamanho da minha vergonha ao olhar pro céu agora.
Não que queira te pedir perdão, porque você é um anjo e sei que me perdoou.
Mas é um anjo e não um tolo, e essa certeza dói no momento em que penso que você não cometeria o erro de vir até mim.
De descer até esses monstros que devoram uns aos outros, só para beijar a face desta monstra que também sou.
Que foi capaz de te negar.
E que agora nega a tudo e todos em uma esperança insana de você voltar.
E esperança vai ser tudo o que vai sobrar deste corpo.
Não serei monstra, nem anjo, nem mulher...
Serei apenas este corpo secando em terra. Sem alimento, sem desejo e sem amor...
E meu anjo será enfim o urubu a sobrevoar a carniça de sua amada.
|
This entry was posted on 22:17 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

1 Leitores ativos:

On 27/8/10 7:57 AM , Neto disse...

Nem adianta eu vir aqui nesse lugar, adianta? '-'

:P

Beijão o/